.

Do
(05/08/2005)
A DIFERENÇA


Uma vez um estudante da Universidade pediu-me minha definição da palavra ÉXITO.
Minha resposta foi muito simples e rápida... ... ÉXITO, significa TRIUNFO. Novamente me perguntou, o que significa TRIUNFO?
Tomando um pouco mais de tempo lhe disse TRIUNFO significa ESFORÇO.
E novamente me questionou dizendo, o que significa ESFORÇO?
Minha resposta foi um pouco mais lenta e confusa... ... É muito difícil definir a palavra esforço, porque cada um tem seu próprio conceito; para alguns significa sacrifício, para outros perseverança ou dedicação, outros significa chegar a uma meta e para outros... (não sei...)
Depois de dar-lhe voltas ao conceito chegamos à conclusão de que o esforço não tem uma definição universal, ninguém está capacitado para catalogar as demais pessoas sobre o assunto, não existe definição quantitativa ou qualitativa sobre MUITO ESFORÇO ou POCO ESFORÇO (quando o que analisamos não é uma tarefa física).
O valor do esforço das pessoas deve-se avaliar em forma isolada.
Têm mais mérito aquele maratonista que sempre chegou em quarto ou quinto lugar e depois de realizar um esforço triunfa chegar em primeiro lugar, e não aquele que sempre chegou em primeiro lugar e sem maior esforço volta a chegar em primeiro lugar, (a definição de esforço para estes dois maratonistas é totalmente diferente). Aqui surgiu a quarta questão, De que depende o esforço? Depende do conhecimento? Depende da experiência? Depende de... ?
Minha resposta esta vez foi mais segura, porque durante a conversa aquele estudante  estava-me convencendo do que eu deveria responder.
O ESFORÇO depende da ATITUDE. 
Mas antes de voltar a perguntar-me quero agregar que: A ATITUDE é uma conseqüência, da satisfação que as pessoas sentem pelo que fazem e... ... a SATISFAÇÃO é uma conseqüência do cumprimento de objetivos individuais
Ou seja, que o único que pode qualificar o esforço é quem o realiza, porque a única comparação válida, é com ele mesmo, em relação aos objetivos que nos temos traçado.
Foi neste momento, que no semblante daquele estudante percebi o convencimento de minha resposta; e... ...até eu estava convencido, ate mais que convencido, senti que já podia respirar tranqüilo.
Depois destes questionamentos aprendi e confirmei algo... Aprendi que: a diferença entre o êxito e o fracasso se chama ATITUDE.
Confirmei que:
aprendi tanto de meus alunos quanto de meus mestres, e que meus mestres também têm sido meus alunos.


<< Voltar


FBT © 2003 - All rights reserved
ITF’s Official Website: www.tkd-itf.org